Polícia Civil investiga “onda de homofobia” em Cuiabá


A Polícia Civil investiga a denúncia de uma suposta “onda homofóbica” que estaria atingindo a região do CPA (Grande Morada da Serra), em Cuiabá, onde, em pouco mais de uma semana, dois travestis foram executados com requintes de crueldade.

No início da manhã desta quarta-feira (8), moradores do CPA III, nos fundos da Lagoa Encantada, localizaram o corpo do travesti Maildo dos Santos Silva, 25, conhecido como “Maria do Bairro”.

No sábado (28), o jovem Alisson Otávio Carvalho da Cruz, o “Alicinha”, 20, foi asfixiado com uma corda, arrastado por dezenas de metros e jogado num córrego.

A delegada Anaíde Barros, de plantão na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), confirmou ao site que recebeu a denúncia, mas disse não ter certeza de se tratar de uma onda de homofobia.

“Estamos em investigação preliminares. A partir dessas informações, vamos verificar se trata ou não (de homofobia)”, afirmou.

O assassinato de Maildo teria ocorrido durante a madrugada, num local escuro e abandonado. Os criminosos usaram pedras ou paus para achatar a cabeça da vítima.

O outro travesti, Alisson teve morte semelhante.  Ele foi asfixiado com uma corda, arrastado por dezenas de metros e jogado dentro de um córrego.

fonte: midianews

Sobre STOP HOMOFOBIA

promovendo a LUTA contra homofobia e à favor dos direitos GLBT

Publicado em 8 de junho de 2011, em Noticias. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: