A historia da homossexualidade parte II


Continuação..
54 d.C. – Itália

Nero torna-se imperador de Roma. Nero casou dois homens através de uma cerimonia legal com ao menos uma esposa concordando com as mesmas cerimonias de um César. Essa interpretação é alvo de críticas de estudiosos sobre o assunto.

98 d.C. – Itália

Trajan, o 13º é um dos mais adorados imperadores romanos ( nascido na região de Corcova, Espanha) era bem conhecido pela sua expressa homossexualidade

130 d.C. – Itália

Adriano, o 14º Imperador romano ergueu templos por todo império em memoria do seu amado e falecido, Antínoo, que foi canonizado como um Deus multi-religioso.

218 – Itália

O 25º Imperador romano, Elagabalus, casa com o atleta turco , Zoticus, em Roma.

303 – Israel

O casal de guerreiros romanos, Sérgio e Baco são mártires de Roma por serem devotos do cristianismo.
Historiadores acreditam que o seu casamento teria sido abençoado pelo cristianismo da época


313 – Itália

O 54º Imperador romano, Constantino I, oficializa o cristianismo como a única religião do império e penaliza os atos homossexuais

342 – Itália

O 59º Imperador romano, Flávio Constâncio II, retira o direito do casamento aos casais do mesmo sexo.

388 – Grécia

O massacre de Tessalónica, cidade grega consistiu na morte de 500 gregos entre filósofos, professores, soldados pagãos homossexuais, que se revoltaram contra o 67º
Imperador romano Teodósio I, que decretou pena de morte a quem praticasse atos homossexuais. A homossexualidade era agora era ilegal e levava á fogueira.

405 – Grécia

O poeta grego Nono de Panopolis escreveu as “Dionisiacas”, tributo épico a Dionísio
Foi a ultima obra literária a celebrar a paixão homossexual durante os próximos 1000 anos.

589 – Espanha

Os Visigodos que conquistaram quase toda a península hiberica convertem-se ao cristianismo e perseguem homossexuais e judeus.
100 anos depois, O Rei Visigodo Flávio Égira decreta a castração e o exílio aos homossexuais.

711 – Espanha

Os arábes que conquistaram o sul da península hiberica revelam-se tolerantes
à homossexualidade. A poesia lésbica é adorada na Andaluzia.

800 – Inglaterra

Alcuino D’iorque, um dos sacerdotes lideres da renascença carolíngia, escreve poemas de amor a outros monges apesar da condenação católica da homossexualidade.

1102 – Inglaterra

Consílio de Londres confirma homossexualidade como pecado perante o povo britânico

1232 – Itália

O Papa Gregório IX inicia a inquisição italiana e homossexuais em praça publica.

1260 – França

Segundo a regência do rei Luís IX, a França castra e e queima os homossexuais.
Lésbicas são mutiladas e igualmente executadas.

1307 – Itália

O poeta italiano Dante escreve “A divina comédia” , onde critica a visão de mundo da idade média e descreve o inferno como sendo o lugar dos homossexuais.

1327 – Inglaterra

O rei da Inglaterra, Eduardo II se apaixona por pelo Conde Piers Gaveston.
Ambos foram assassinados, pelo fato do seu amor ser “escandaloso” aos olhos da nobreza britânica.
Antuérpia executa vários casais homossexuais

Continua aqui

Sobre STOP HOMOFOBIA

promovendo a LUTA contra homofobia e à favor dos direitos GLBT

Publicado em 12 de março de 2011, em Duvidas e GayHelp, Midia e entretenimento. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: