>Salvador inaugura órgão e amplia rede contra discriminação


>

A Secretaria Municipal de Reparação (Semur) de Salvador inaugurou nesta quarta-feira o Observatório da Discriminação Racial, da Violência contra a Mulher e LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros). 

O órgão tem como função mapear dados e averiguar denúncias envolvendo ações discriminatórias durante a programação do Carnaval. Segundo a Prefeitura, o atendimento acontecerá em quatro pontos nos circuitos: Estação da Lapa, Campo Grande, Ondina e São Bento.

Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura de Salvador, o Observatório funcionará nos quatro locais apenas durante o Carnaval, e não terá poder de prisão – apenas poderá encaminhas denúncias às autoridades. Mesmo assim, durante todo o ano, funciona normalmente na Ladeira de São Bento.

A Semur pretende, com a iniciativa, diminuir as desigualdades ocorridas durante o Carnaval, e promete repetir a iniciativa durante a Copa do Mundo de 2014, com uma unidade próxima à Arena Fonte Nova.

Ainda segundo a Prefeitura, graças aos resultados obtidos em anos anteriores, Salvador ganhou a Unidade Permanente do Observatório, inaugurada em 28 de fevereiro na Estação da Lapa. A unidade funciona das 9h às 18h e conta com advogados, psicólogos e assistente social, entre outros profissionais. 

 
 
fonte:terra

Sobre STOP HOMOFOBIA

promovendo a LUTA contra homofobia e à favor dos direitos GLBT

Publicado em 3 de março de 2011, em Noticias. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: